Operação Carioca: segurança pública funciona sem alterações no Rio

Operação Carioca: segurança pública funciona sem alterações no Rio

O comando da Operação Carioca avaliou na quinta-feira (16), que os órgãos de segurança pública do estado do Rio de Janeiro operam sem qualquer problema. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, recebeu relatório no qual aponta que quase a totalidade dos Batalhões da Polícia Militar fluminense encontra-se em pleno funcionamento.

Carioca 1

“Tive acesso a um relatório produzido hoje cedo que nos assegura que a PM fluminense esta trabalhando”, contou Jungmann ao presidente da Câmara, Rodrigo Maio (DEM-RJ), durante reunião na sede do MD.

O comandante da operação, general Mauro Sinott, informou no começo da noite que a ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) “produz muita tranquilidade na população carioca”. Segundo o general, “o dia transcorreu sem ocorrências relevantes.”

A presença das tropas federais no Rio, Niterói e São Gonçalo foi autorizada pelo presidente Michel Temer em atendimento ao pedido do governador Luiz Fernando Pezão. Assim, na última segunda-feira (13), militares da Marinha e do Exército iniciaram mobilização.

A Força Naval está atuando numa área de 18 km, do Cais do Porto até o bairro do Leblon, sempre considerando a orla carioca que engloba o Aeroporto Santos Dumont, Aterro do Flamengo, Enseada de Botafogo, Copacabana, Ipanema e Leblon.

Enquanto isso, a Força Terrestre tem atuação em Deodoro e Realengo, trechos da Avenida Brasil e a Transolímpica. Além disso, a Artilharia Divisionária (AD1), também do Exército, esta presente em Niterói, nas praias de Icaraí e São Francisco, e em São Gonçalo.

Foto: Felipe Barra/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *