Operação Covid-19 emprega esforços no combate ao coronavírus por todo o país

Operação Covid-19 emprega esforços no combate ao coronavírus por todo o país

Proteger os cidadãos é uma das funções precípuas dos militares. Nesse intuito, as Forças Armadas enfrentam a pandemia de coronavírus no país, na luta para evitar a propagação de um inimigo invisível e resguardar a vida dos brasileiros. A missão é árdua, tendo em vista que lidam com um espaço territorial de grandes proporções, 27 estados com características e necessidades diferentes e com uma população de cerca de 210 milhões de pessoas. Até o momento, 28 mil militares estão em atividade, utilizando 816 viaturas, 71 embarcações e 26 aeronaves que compõem a Operação Covid-19. É a maior operação já executada no Brasil, com a maior mobilização de militares.

esta imagem não possui descrição

Esse contingente está dividido em dez Comandos Conjuntos, ou seja, grupos militares que reúnem Exército, Marinha e Aeronáutica em uma atuação caracterizada pela interoperabilidade. Há Comandos Conjuntos que englobam cinco estados, como é o caso do Comando Conjunto Nordeste.

No Comando Conjunto Bahia, o que se destacou nessa terça-feira (15) foi a distribuição de alimentos e materiais de limpeza em municípios do interior baiano. O material doado foi arrecadado pela Delegacia da Capitania dos Portos, em Ilhéus, com o apoio do Rotary Club, Lions Clube e da SOAMAR-ILHÉUS. Conseguiram cerca de 500 quilos de alimentos para serem entregues a famílias que estão financeiramente vulneráveis, em decorrência do isolamento social e da falta de empregos.

Pescadores também tiveram suas rendas impactadas pelo distanciamento social, pois estão impossibilitados de trabalhar e gerar renda. Com isso, o Comando entregou meia tonelada de alimentos e produtos de prevenção ao coronavírus aos membros da colônia de pescadores Z-22, em Porto Seguro. Os mantimentos foram arrecadados em campanha pela Delegacia da Capitania dos Portos em Porto Seguro, em conjunto com o Rotary Club e com a Sociedade Amigos da Marinha em Porto Seguro.

No Piauí, nesta quinta-feira (16), militares da Capitania dos Portos do Piauí participaram de campanha de doação de sangue no Hemocentro Regional de Parnaíba (HEMOPI). O objetivo é reforçar os estoques da instituição.

esta imagem não possui descrição

No Conjunto Militar Rio Grande do Norte e Paraíba, unidades de Parnamirim (RN) foram mobilizadas na fabricação de máscaras de proteção individual, em virtude das dificuldades na aquisição desse produto, em meio à grande demanda. Além de produzirem para a tropa, aumentando a capacidade operacional, existe a expectativa de distribuição para a sociedade. Além disso, militares da Força Aérea e do Exército fizeram a doação de sangue ao Hemocentro do Rio Grande do Norte.

esta imagem não possui descrição

Ainda em Parnamirim, o Grupamento de Apoio de Natal (GAP-NT), da FAB, distribuiu kits de alimentos para as famílias das crianças e adolescentes atendidos pelo Programa Forças no Esporte (PROFESP). A distribuição começou nessa quinta-feira e contemplará os 400 beneficiários do Programa, dos quais 12 são portadores de necessidades especiais. A previsão é entregar 5,34 toneladas de alimentos até sexta-feira. Os kits foram adquiridos com recurso do Ministério da Cidadania, por intermédio do Ministério da Defesa, para a alimentação dos alunos durante as atividades realizadas nas instalações da FAB, no contraturno escolar. A entrega contou, ainda, com o apoio de militares da Marinha do Brasil e do Exército Brasileiro em Natal (RN).

esta imagem não possui descrição

O Comando Conjunto Nordeste iniciou nesta quarta-feira (15) a distribuição de 40 mil cestas básicas doadas por empresários de Pernambuco para famílias da região metropolitana do Recife em situação de vulnerabilidade social. Semanalmente, lotes de 10 mil cestas com aproximadamente 15 Kg de alimentos, perfazendo um total de 150 toneladas, serão encaminhadas a instituições sem fins lucrativos, que se encarregarão da distribuição para as famílias necessitadas.

Em Maceió (AL), foi feita a desinfecção de espaços públicos para evitar a propagação do coronavírus.

No Comando Conjunto do Sudeste, em Caçapava (SP), militares realizaram doação de sangue. Em Taubaté (SP), equipe da aviação do Exército está produzindo máscaras faciais para militares do serviço de saúde. Esse equipamento é feito por impressora 3D e visa a manutenção da higidez da tropa para a atuação em prol da sociedade brasileira.

No Comando Conjunto Planalto, em Brasília (DF), militares da Marinha e do Exército também doaram sangue para reforçar os estoques do Hemocentro e incentivar a comunidade a fazer o mesmo.

esta imagem não possui descrição

No Comando Conjunto Norte, em Belém (PA) foram realizadas diversas ações de higienização na região metropolitana da capital paraense nesta quinta-feira (16). A execução dos trabalhos iniciou nas áreas internas e externas do Hospital Beneficente Portuguesa. Em ação simultânea, outra equipe de militares atuou nos Postos da Polícia Rodoviária Federal, localizados nos municípios de Castanhal e de Santa Maria do Pará.

Também nesta quinta-feira (16), uma aeronave C-95 Bandeirante da Força Aérea Brasileira (FAB) decolou do Rio de Janeiro (RJ) para transportar nove respiradores para manutenção no Centro de Inovação e Tecnologia (CIT) do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG).

Por Mariana Alvarenga, Tenente Franklin e Tenente Bueno

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *