Organizações Militares do Com9ºDN são agraciadas com o Prêmio Qualidade Amazonas 2016

Organizações Militares do Com9ºDN são agraciadas com o Prêmio Qualidade Amazonas 2016

Três Organizações Militares (OM) subordinadas ao Comando do 9º Distrito Naval (Com9ºDN) foram agraciadas com o Prêmio Qualidade Amazonas (PQA 2016), no dia 04 de novembro.

Vice-Almirante Hecht, Capitão de Fragata (IM) Weyne, Capitão de Fragata Kreniski, e Capitão de Corveta (FN) Thiago durante premiação
Vice-Almirante Hecht, Capitão de Fragata (IM) Weyne, Capitão de Fragata Kreniski, e Capitão de Corveta (FN) Thiago durante premiação

A Estação Naval do Rio Negro (ENRN) foi agraciada, na modalidade gestão, com o Troféu Destaque. O Centro de Intendência da Marinha em Manaus (CeIMMa) e o 3º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (EsqdHU-3) receberam a placa de Menção Honrosa pelos projetos apresentados, voltados à gestão e aos processos de suas OM.

As OM finalistas do PQA 2016 compartilharam suas práticas de gestão e de projetos de melhoria, inovação e desenvolvimento sustentável.

O Diretor do CeIMMa, Capitão de Fragata (IM) João Wangles Bayde Weyne, e o Comandante da ENRN, Capitão de Fragata Alceu Kreniski Júnior, apresentaram suas pesquisas na modalidade gestão, demonstrando as suas atuações, a otimização de seus processos, a evolução e aprimoramento na melhoria de suas atividades.

O EsqdHU-3 apresentou o processo de manutenção de aeronaves em busca de alta disponibilidade com economia e máxima qualidade. O Comandante do Esquadrão, Capitão de Corveta (FN) Thiago Lopes da Silva, ressaltou que a OM participou pela primeira vez do PQA e já conseguiu superar a meta vislumbrada, alcançando o objetivo proposto.

O PQA é promovido pela Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) e visa melhorar a qualidade, produtividade e competitividade das empresas instaladas no Estado ou que prestam serviços no Amazonas. A iniciativa faz parte das ações estratégicas da FIEAM, que defende o desenvolvimento sustentável da indústria sob os aspectos econômicos, sociais, políticos, culturais e ambientais.

(CCSM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *