PANORAMA MILITAR SETEMBRO 2014 – ESG firma acordo com a empresa Odebrecht Defesa e Tecnologia

PANORAMA MILITAR SETEMBRO 2014 – ESG firma acordo com a empresa Odebrecht Defesa e Tecnologia

A Escola Superior de Guerra (ESG) e a Odebrecht Defesa e Tecnologia (ODT) firmaram, nesta quinta-feira, 11 de setembro, um acordo de cooperação para a realização do Seminário de Assuntos de Defesa, que tem como objetivo o desenvolvimento de competências e habilidades que permita uma visão ampla das atividades de defesa no Brasil.

ESG firma acordo com a empresa Odebrecht Defesa e Tecnologia

O seminário será organizado pela ESG e seu público-alvo, a ser selecionado e indicado pela ODT, compõe-se de profissionais que atuam em áreas relacionadas aos setores de defesa, segurança ou tecnologia.

Durante a assinatura do acordo, o Diretor-Presidente da Odebrecht Defesa e Tecnologia, André Amaro da Silveira, ressaltou a importância do conhecimento sobre as peculiaridades das Forças Armadas e de seus programas para aqueles envolvidos em atividades ligadas à Base Industrial de Defesa.

O Comandante da ESG, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, encerrando o evento, destacou que o apoio do setor industrial representa um passo importante para o desenvolvimento de projetos das Forças Armadas, e que o acordo, ora firmado, trará um novo horizonte para o aprendizado do trabalho conjunto entre civis e militares.

Túnel do Tempo

Com o lançamento da Estratégia Nacional de Defesa (END), em 2008, pelas Forças Armadas do Brasil, uma das primeiras iniciativas foi a instituição do Programa Nacional de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub), da Marinha do Brasil. Escolhida pela francesa DCNS – uma das líderes mundiais em defesa naval –, a Odebrecht passou a integrar o Consórcio Baía de Sepetiba (CBS), que gerencia o programa, e a Itaguaí Construções Navais (ICN), responsável pela construção dos submarinos, com transferência de tecnologia.

Em 2011, a atuação da Organização se fortaleceu com a criação da Odebrecht Defesa e Tecnologia. No mesmo ano, o Negócio adquiriu o controle da Mectron – empresa com 20 anos de serviços prestados às Forças Armadas, integradora de sistemas complexos para os setores de defesa, espaço e segurança pública.

A Odebrecht Defesa e Tecnologia é a única empresa na América Latina a fabricar míssil antirradiação e uma das três no mundo que possui essa expertise.

(ESG/ Odebrecht ASCOM/ FM)

Coelho/ ESG 95

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *