Presidente Dilma e Comandante da Aeronáutica acompanham ações contra mosquito

Presidente Dilma e Comandante da Aeronáutica acompanham ações contra mosquito

Cerca de 2000 militares das Forças Armadas foram às ruas no Maranhão. No Rio, mais de 71 mil estão envolvidos

No sábado (13), aproximadamente 2000 militares da Marinha, Exército e Aeronáutica percorreram residências, instalações comerciais, lotes vagos, hospitais, escolas e órgãos de interesse público na capital maranhense e nos municípios de Alcântara e Imperatriz, no Maranhão, com o objetivo de conscientizar a população sobre os perigos da proliferação do mosquito Aedes aegypti.

presidenta 1

Em São Luís, o esforço conjunto das Forças Armadas reuniu mais de 800 militares nas áreas do bairro São Francisco e Ilhinha, regiões com alto índice de notificações das doenças. Na capital ludovicense, os integrantes da Marinha, Exército e Aeronáutica acompanharam os agentes de saúde que realizavam o combate aos focos do mosquito. Em pontos estratégicos da cidade como rotatórias e shoppings, os militares realizaram a entrega do folheto com informações visando conscientizar e sensibilizar a todos da importância da adoção de medidas no cotidiano para diminuir a proliferação do Aedes.

Na ação realizada em São Luís, o Governador do Maranhão, Flávio Dino, o Ministro-Chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, o Comandante da Aeronáutica, Tenente Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato, acompanhados de outras autoridades locais foram em residências alertar os moradores sobre os perigos da proliferação do inseto.

presidenta 2

Para o Comandante da Aeronáutica, a ação deste sábado marca um esforço nacional envolvendo militares de todas as Forças Armadas e outras instituições públicas em um enfrentamento ao Aedes. “Essas ações já vem ocorrendo nas organizações militares desde o final do ano passado”, ressaltou.

O Governador destacou o papel desempenhado por milhares de agentes de saúde em todo estado, e que realizam a identificação e o combate inicial às larvas do mosquito, além de prestar esclarecimentos à população no trabalho rotineiro. O ministro Jaques Wagner ressaltou a necessidade de todos participarem do combate efetivo ao mosquito com ações práticas no dia a dia nas residências e locais de trabalho.

Ao todo, 3.542 imóveis foram visitados pelas equipes em São Luís.

Interior

Em Alcântara, a FAB realizou a mobilização com cerca de 250 militares, em parceria com a Secretária Municipal de Saúde e agentes comunitários de saúde. Os militares entregaram panfletos contendo informações para evitar a proliferação de focos do mosquito e como identificar os sintomas que o mesmo transmite.

presidenta 3

“Essa ação é muito importante, certas pessoas ainda não conhecem os riscos que sofrem quando deixam um recipiente com água parada, algumas, quando estão doentes não sabem o que tem e não procuram tratamento adequado”, disse um dos moradores que recebeu a visita das equipes.

Ao final da ação, foram visitadas 742 residências, incluindo as agrovilas Espera e Cajueiro, no município de Alcântara.

Na segunda maior cidade do Maranhão, Imperatriz, militares das três Forças percorreram bairros nos setores São José, Caema, Anhaguera, Alvorada, Morada do Sol e Cafeteira-Sanharol. Ao todo, 5.859 imóveis foram visitados pelos militares juntamente com os agentes de saúde do município. Na ação, além da identificação de focos do mosquito Aedes aegypti e aplicação de larvicida realizada pelos agentes municipais, foi realizada a entrega de folhetos com informações de combate ao mosquito e as doenças que o mesmo transmite.

“A participação das três Forças Armadas no Maranhão envolve toda uma preparação para emprego das tropas em cumprimento a uma de nossas atribuições subsidiárias que é a cooperação com a defesa civil nacional, conforme diretrizes emanadas pelo Ministério da Defesa e coordenação do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas. No último mês, militares em todo Brasil têm participado de treinamentos visando atuar nos municípios que tem apresentado um alto número de notificações de casos de dengue, chikungunya e zika Vírus. No Maranhão não poderia deixar de ser diferente, esta data marca a ampliação das ações que já vem sendo empreendidas nas organizações militares e nas áreas próximas”, explicou o Coordenador Militar de Área no Maranhão e Diretor do Centro de Lançamento de Alcântara, Coronel Aviador Cláudio Olany Alencar de Oliveira.

Rio de Janeiro

presidenta 4

No Rio, mais de 71 mil militares participam da campanha de combate ao mosquito. A Presidente Dilma acompanhou as visitações, neste sábado (13) em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro em uma comunidade próxima à Base Aérea de Santa Cruz. No centro, cerca de três mil integrantes da FAB visitaram residências e orientaram os moradores.

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *