Presidente Temer recebe os cumprimentos de fim de ano dos oficiais-generais

Presidente Temer recebe os cumprimentos de fim de ano dos oficiais-generais

Brasília, 16/12/2016 –  O presidente da República, Michel Temer, acompanhado da primeira-dama, Marcela Temer, recebeu na sexta-feira (16), no Clube Naval, os cumprimentos de fim de ano dos oficiais-generais da Marinha, Exército e Aeronáutica. Durante o tradicional almoço com os militares e integrantes do Ministério da Defesa, o presidente Temer destacou o trabalho das Forças Armadas, que vão além da defesa nacional. “Eu visitei muitos batalhões de fronteiras e ficava impressionado com as ações cívico-sociais patrocinadas pelas Forças Armadas.  A porta de entrada que os brasileiros das regiões mais longínquas do País tinham para o poder público era por meio da presença das Forças Armadas, particularmente, por essas ações sociais”, relatou. O presidente Temer disse que os militares estão à frente de instituições de Estado dedicadas sempre aos interesses maiores do Brasil.

O presidente Temer destacou o trabalho das Forças Armadas, que vão além da defesa nacional
O presidente Temer destacou o trabalho das Forças Armadas, que vão além da defesa nacional

Ele ainda ressaltou que o momento exige coragem para mudar a fisionomia de um País. Temer elogiou o trabalho do ministro da Defesa, Raul Jungmann, pautada pelo diálogo. “Leva a Defesa adiante para promovê-la perante outros setores da sociedade.”

Temer lembrou do esforço dos militares na promoção do desenvolvimento, do progresso científico e tecnológico do Brasil.  “Essas são responsabilidades que requerem esforço diário, dedicação e, não raro, abnegação. É quase um sacerdócio em nome da pátria”, comentou em seu discurso.

Ao final de suas palavras, o presidente desejou ao alto escalão das Forças Armadas  e familiares um ano novo pleno de realizações.

O ministro Jungmann iniciou sua mensagem agradecendo o apoio do presidente nas questões de interesse da Defesa. “Refiro-me a temas relevantes que vão do orçamento da Pasta e dos programas estratégicos de cada Força”, afirmou.

Jungmann destacou o envio pelo presidente dos documentos da Defesa para análise e revisão do Congresso Nacional. “A sociedade tem-se interessado em conhecer e debater temas relevantes da defesa, por isso queremos que o Congresso Nacional, o empresariado e a sociedade civil se envolvam plenamente na afirmação da Defesa como uma das políticas públicas mais sólidas, legítimas e consensuais do Estado brasileiro.”

De acordo com o ministro a agenda de Defesa guarda relação estreita com três outras agendas públicas: desenvolvimento, diplomacia e democracia.

Projetos estratégicos

Sobre os projetos estratégicos das Forças Armadas, Raul Jungmann falou sobre o Programa Nuclear da Marinha e o Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub). “Etapas importantes da execução desses projetos já foram concluídas, consagraremos nossa condição de país autônomo em termos de domínio de tecnologia nuclear e meios apropriados para a dissuasão em nossas águas jurisdicionais.”

No Exército, o ministro pontuou o projeto-piloto do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron), que atingiu 70% de sua execução em 2016.

O projeto FX-2 foi também lembrado pelo ministro Jungmann , que “dará significativo ganho de operacionalidade para a Força Aérea no cumprimento da missão de defesa de nosso espaço aéreo.”

Por fim, Jungmann mencionou o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC), que será lançado em março de 2017 . “Esse satélite representa um grande salto de inclusão digital, já que levará banda larga a todo o território nacional, e também a imprescindível função militar de assegurar a nossa soberania e a segurança de nossas informações estratégicas”, afirmou.

Agradecimento

O comandante da Marinha,  almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, iniciou seu discurso saudando o presidente Temer. “É  com  grande  satisfação  que  a  família  militar,  aqui representada por oficiais-generais e suas esposas, se reúne para prestar  uma  homenagem  a  vossa  excelência  neste  tradicional evento  de  fim  de  ano,  reforçando  o  respeito  e  a  lealdade  dos soldados, aviadores e marinheiros ao seu comandante supremo.”

O almirante Leal Ferreira recordou o ambiente seguro e pacífico no qual foi realizado os Jogos Olímpicos e Paralímpicos  Rio  2016.  “Esta  experiência  demandou  novas capacitações e gerou um processo sinérgico de integração com diferentes  organizações  das  três  esferas  de  governo”, comentou o comandante da Marinha.

Ele ainda mencionou o apoio feito por militares da Marinha, Exército e Aeronáutica a comunidades e povoados de difícil acesso. “Os  exemplos  de sucesso residem em várias iniciativas como a ação dos Pelotões de  Fronteiras,  do  Correio  Aéreo  Nacional  e  dos  Navios  da Esperança.” O almirante finalizou seu discurso desejando ao presidente Temer e sua esposa votos de um natal de paz e um 2017 repleto  de realizações, saúde e felicidades.

Ao final dos discursos, os oficiais-generais foram  convidados a fazer um brinde ao presidente da República. Participaram da confraternização, o ministro chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Sergio Etchegoyen; o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), almirante Ademir Sobrinho; os comandantes do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas; da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato; e o secretário-geral do Ministério da Defesa, general Joaquim Silva e Luna

Foto: Felipe Barra/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *