Pressão total contra ilícitos transfronteiriços e ambientais na Cabeça do Cachorro

Pressão total contra ilícitos transfronteiriços e ambientais na Cabeça do Cachorro

São Gabriel da Cachoeira (AM) – No período de 22 de outubro a 03 de novembro, o Comando de Fronteira Rio Negro/5º BIS conduziu a Operação Curare, com a finalidade de intensificar as ações de vigilância na faixa de fronteira do Brasil com a Colômbia e a Venezuela, na região denominada como “ Cabeça do Cachorro”.

Durante a Operação, as frações dos sete pelotões especiais de fronteira subordinados e frações do 5º Batalhão de Infantaria de Selva, operando em conjunto, atuarão em pontos selecionados, segundo trabalho de análise da Inteligência, contra ilícitos transfronteiriços e ambientais, de dia e de noite.

Fruto desta intensificação, foi impedida a entrada de garimpeiros e realizada a apreensão de material destinado à extração ilegal de mineral no Parque Nacional do Pico da Neblina, contígua à Reserva Indígena Yanomami.

(CCOMSEX/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *