Procedimento cirúrgico menos invasivo para tratamento de aneurisma é realizado pela primeira vez na América Latina

Foi realizada no Hospital Militar de Área de São Paulo (HMASP), uma microcirurgia vascular intracraniana por via endonasal, para fechamento do aneurisma cerebral. É a primeira vez que este procedimento é realizado na América Latina.

O procedimento é feito sem a necessidade de cortes, que ocorrem no procedimento convencional e, em se tratando de paciente do sexo feminino, o fato de não precisar raspar a cabeça é, psicologicamente falando, menos traumático.

A utilização dessa técnica não deixa cicatrizes aparentes e a manipulação cerebral é mínima, o que promove uma recuperação mais rápida.

A cirurgia foi conduzida pelo Capitão Médico Paulo Porto, Chefe da Clínica de Neurocirurgia e Presidente da Comissão de Residência Médica (COREME), e pelo Dr. Leonardo Balsalobre, do Centro de ORL de São Paulo e Hospital Edmundo Vasconcelos. Acompanharam o procedimento o 1º Ten Med Rômulo e o Asp Of OMT Gonzales, ambos da equipe de neurocirurgia do HMASP. Poucos centros utilizam esta técnica no mundo, tendo sido divulgados apenas 30 casos.

No pós-operatório, a paciente foi submetida a um exame neurológico e respondeu muito bem. E, cerca de 20 dias depois, a equipe informou que a paciente ficou sem nenhum deficit neurológico.

 

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>