Profissionais de imprensa são preparados para coberturas em áreas de conflito

Profissionais de imprensa são preparados para coberturas em áreas de conflito

Um trabalho baseado na transparência. Assim o Almirante Carlos Chagas definiu como o Ministério da Defesa desenvolve a sua comunicação integrada. Ele falou a uma plateia formada por 28 profissionais de imprensa de diversas partes do País. O militar, que assessora o Ministro Fernando Azevedo à frente da Pasta desde janeiro de 2019, proferiu palestra na manhã de segunda-feira (31), durante a abertura do Estágio de Preparação para Jornalistas e Assessores de Imprensa em Áreas de Conflitos. O curso é oferecido pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), no Rio de Janeiro. A organização militar é vinculada ao Exército Brasileiro.

MD_NOTICIAS_20200901_NOT01_F01.jpeg

A iniciativa prepara os participantes com práticas, informações e trocas de experiências que podem ser úteis durante cobertura em área de conflito, como em acompanhamento de tropas da ONU, no dia a dia do trabalho jornalístico em ações policiais ou de conflitos urbanos. A capacitação, que conta com a presença de repórteres, assessores de imprensa, cinegrafistas e fotógrafos, prossegue até sexta-feira (4), com parte teórica e prática.

MD_NOTICIAS_20200901_NOT01_F02.jpeg

Após ouvir a explanação do Almirante Carlos Chagas, a pauteira e produtora da RIC Record TV – Paraná, Giselle Ulbrich, disse estar entusiasmada com os temas a serem abordados. Ela destacou que “foi muito importante saber que a Defesa está aberta à comunicação com os jornalistas. Também foi de grande valia conhecer as ações do Ministério da Defesa em diversas frentes que nós, jornalistas, nem sabíamos que as Forças Armadas atuavam”.

Por Maristella Marszalek
Fotos: divulgação Forças Armadas

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *