Programa Forças no Esporte encerra atividades com os alunos do DF

Na segunda-feira (12), o Programa Segundo Tempo – Forças no Esporte (Profesp), promovido pelo Comando de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (CCOMGEX), em Brasília, realizou uma confraternização de natal com os 800 alunos das Escolas Classes do Itapoã e Paranoá, na Associação de Esporte e Lazer dos Subtenentes e Sargentos do Exército (ASSEB).

Ao final das atividades foi servido um almoço natalino e distribuídos presentes, que foram doados pela Receita Federal

Ao final das atividades foi servido um almoço natalino e distribuídos presentes, que foram doados pela Receita Federal

Durante o evento, que contou ainda com a participação de familiares e professores, foram apresentadas atividades que são desenvolvidas pelos oitos núcleos do programa, entre elas, natação, atletismo, voleibol, handebol, artesanato, além de palestras educativas, como combate e prevenção ao uso de drogas. Na ocasião, alunos e professores fizeram apresentações de judô, capoeira, teatro, canto e ritmos.

Para o chefe do Estado-Maior do CCOMGEX, coronel Samuel Machado da Silva, a disposição da organização militgar em manter o Programa é gratificante. Na oportunidade, o militar agradeceu o apoio recebido das instituições parceiras para a melhoria de vida das crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social.

Autoridades e representantes da Receita Federal, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, e do Ministério do Esporte também parabenizaram o trabalho realizado pelo Profesp, e reafirmaram a intenção de continuar apoiando a iniciativa e externando a satisfação de ver os resultados alcançados.

A professora Marisa, da escola Classe 01, do Paranoá, parabenizou o Programa. “Ele vem se destacando cada dia mais. Em uma cidade como Brasília, com enorme contrastes sociais, o Profesp oferece  oportunidades às crianças, jovens e adolescentes, de conviverem em um ambiente saudável”, comentou.

Exemplos de superação

A professora Margareth Dias apresentou ao público dois alunos que são exemplos de transformações adquiridas dentro do Programa. O adolescente Henrique Borges, de 13 anos, deficiente auditivo, se comunica com os colegas pela Língua Brasileira de Sinais (Libras), e segundo depoimento da professora, vem apresentando grande avanço nas aulas. Já o estudante Lucas Lima, de 16 anos, vem obtendo por meio do Profesp significativas conquistas. Para o jovem, a maior satisfação foi aprender sozinho, por meio de observação, a se comunicar com seu colega deficiente auditivo.

Parcerias

O Profesp conta com parcerias importantes da POUPEX, do Banco de Alimentos do CEASA, do Programa Mesa Brasil do Sesc, e da Secretaria de Educação do Distrito Federal, que disponiliza o transporte para os alunos das noves escolas atendidas pelo CCOMGEX, em dois turnos (manhã e tarde) durante três vezes por semana. Segundo os organizadores, o apoio de transporte tornou viável o Programa. O CCOMGEX é considerado hoje o maior núcleo apoiador do PROFESP em todo o País.

Ao final das atividades foi servido um almoço natalino e distribuídos presentes, que foram doados pela Receita Federal.

Foto: Divulgação/Profesp

(MD ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>