Quatro mil militares participam da posse presidencial na Esplanada dos Ministérios

Quatro mil militares participam da posse presidencial na Esplanada dos Ministérios

Brasília, 30/12/2014 – A cerimônia de posse da presidenta Dilma Rousseff, na quinta-feira (1º/01/2015), contará com a presença de quatro mil militares das Forças Armadas na Esplanada dos Ministérios, local onde ocorrerão os principais atos. Entre a Catedral Metropolitana de Brasília e o Palácio do Planalto, em frente à Praça dos Três Poderes, homens da Marinha, do Exército e da Aeronáutica estarão de prontidão. A segurança do evento, que trará à capital federal pelo menos 27 chefes e vices de Governo e de Estado, ficará a cargo do Comando Militar do Planalto (CMP). A cerimônia está prevista para começar as 13h.

A presidenta Dilma Rousseff desfilará em carro aberto na Esplanada dos Ministérios
A presidenta Dilma Rousseff desfilará em carro aberto na Esplanada dos Ministérios

No Palácio do Planalto, a presidenta Dilma dará posse aos 39 ministros, entre eles o novo titular do Ministério da Defesa, Jaques Wagner. No mesmo local, receberá os cumprimentos das autoridades nacionais e estrangeiras. Durante todo o evento, o espaço aéreo nas imediações do Planalto estará fechado e sob o controle direto da Força Aérea Brasileira (FAB).

O último ensaio para a posse ocorreu no fim de semana. O trajeto entre a catedral e o Congresso e da sede do Poder Legislativo federal à Praça dos Três Poderes será feito no Rolls-Royce, veículo que estará aberto caso não esteja chovendo.

Segurança da Posse

Para a posse presidencial, o governo autorizou a Coordenação de Segurança de Área (CSA) – medida que ocorre sempre que há a participação do Presidente da República. A coordenação do trabalho ficará sob responsabilidade do general Sergio da Costa Negraes, do CMP. Os militares que estarão na operação cumprirão atividades de segurança e cerimonial militar.

O ensaio geral para a cerimônia de posse foi realizado no último fim de semana: quatro mil militares na segurança
O ensaio geral para a cerimônia de posse foi realizado no último fim de semana: quatro mil militares na segurança

Em apoio ao efetivo serão empregadas 160 viaturas operacionais. Aa tropas enviadas para a posse são provenientes do Comando de Operações Especiais, de Goiânia(GO) e da 3ª Brigada de Infantaria Motorizada.

Além disso, 220 batedores motociclistas do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília (BPEB), da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira, da Polícia Militar do Distrito Federal, da Polícia Rodoviária Federal, da Força Nacional de Segurança Pública e do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) farão a escolta das autoridades.

Cerimonial Militar 

O tradicional cerimonial militar prestará honras à presidenta da República
O tradicional cerimonial militar prestará honras à presidenta da República

Durante a posse, acontecerá o tradicional cerimonial militar a cargo do Exército, com honras à presidenta empossada. A atividade será composta pela Salva de Gala com 21 tiros de canhões (Obuseiros), a ser realizada pela Bateria Caiena, do 32° Grupo de Artilharia de Campanha (32° GAC). Haverá também a escolta Hipomóvel, pelo 1° Regimento de Cavalaria de Guardas (1º RCGd), e Guarda de Honra, conduzida pelo Batalhão da Guarda Presidencial (BGP). Nesses três momentos haverá a participação de cerca de 500 militares.

Espaço Aéreo

Como parte do esquema de segurança montado para a posse, a FAB irá conduzir ações de controle e defesa do espaço aéreo durante o evento.

Será ativada uma zona de operações restrita sobre a área que compreende o Palácio do Planalto e a Praça dos Três Poderes.
O Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) contará com caças F-5EM e A-29 Super Tucano, helicópteros H-60 Black Hawk e aviões-radar E-99, que permanecerão de prontidão para a defesa do espaço aéreo.

O Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) emitirá informações aeronáuticas com o objetivo de maximizar a segurança e reduzir os impactos sobre o tráfego aéreo civil.

As medidas são semelhantes às que foram adotadas em outros eventos, como a visita de autoridades estrangeiras, Rio+20 e Copa do Mundo.

A Cerimônia

De acordo com a programação, a cerimônia no Congresso Nacional terá início às 13h45 com a chegada de autoridades nacionais e estrangeiras. Às 15h está previsto o ato de compromisso constitucional, no Plenário Ulysses Guimarães.

A cerimônia de posse começa por volta das 13h e segue até a noite, quando haverá coquetel para as autoridades do Palácio do Itamaraty
A cerimônia de posse começa por volta das 13h e segue até a noite, quando haverá coquetel para as autoridades do Palácio do Itamaraty

Logo após, com previsão para durar 50 minutos, acontece o deslocamento ao Palácio do Planalto. Lá, a presidenta Dilma e o vice Michel Temer participam de mais uma cerimônia. Desta vez, Dilma Rousseff emposse os ministros e depois recebe os cumprimentos formais.

O último evento está previsto para 18h30, nos salões do Palácio Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores. No local, a presidenta e o vice recebem os visitantes para coquetel seguido de jantar.

Foto: Agência Brasil

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *