Rebelo defende preservação do Parque Nacional dos Guararapes, em Pernambuco

Rebelo defende preservação do Parque Nacional dos Guararapes, em Pernambuco

Jaboatão dos Guararapes (PE), 14/1/2016 – Criado em 1971 e transferido para a responsabilidade do Exército Brasileiro nos anos 1990, o Parque Histórico Nacional dos Guararapes, em Jaboatão dos Guararapes (PE), está em pleno processo de revitalização. Na quarta-feira (13), o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, visitou o local e ressaltou a importância do local para a preservação da história do Brasil.

Ministro Aldo destacou a importância do Parque Histórico Nacional dos Guararapes para a preservação da história do Brasil
Ministro Aldo destacou a importância do Parque Histórico Nacional dos Guararapes para a preservação da história do Brasil

“Proteger o parque é proteger a história do Brasil. Descuidar deste local é como rasgar nossa certidão de nascimento”, destacou. Para o projeto de revitalização, a sugestão do ministro é estabelecer parcerias, entre elas, com o governo da Holanda.

O Parque Histórico Nacional dos Guararapes possui em seu interior os Montes Guararapes, palco de um dos mais importantes episódios da história brasileira: as Batalhas dos Guararapes. O local testemunhou a vitoriosa luta do Brasil contra a dominação holandesa. Foram duas batalhas: a primeira, em 19 de abril de 1648, e a segunda, em 19 de fevereiro de 1654, que resultaram na rendição dos holandeses.

“O parque é o marco histórico da fundação da nacionalidade brasileira, da identidade e da história do Brasil. Nós, no Ministério da Defesa, vamos valorizar, proteger e apoiar o Comando Militar do Nordeste que está empenhado em valorizar e proteger o parque”, disse o ministro, durante a visita.

Revitalização

O parque está sob a responsabilidade da 7ª Região Militar, na área de abrangência do Comando Militar do Nordeste (CMNE). O comandante da 7ª região, general Márcio Heise, apresentou, ao lado do comandante militar do Nordeste, general Manoel Pafiadache, o plano de revitalização do parque, que inclui o reflorestamento das áreas desmatadas, a criação e execução de um roteiro cultural com a inclusão de trilhas, totens e placas, e a implementação de projetos de inclusão social para as comunidades que moram ao redor do parque.

General Márcio Heise, comandante da 7ª região do CMNE, apresenta plano de revitalização do parque
General Márcio Heise, comandante da 7ª região do CMNE, apresenta plano de revitalização do parque

Um dos maiores esforços dos militares é convencer a comunidade local a preservar o parque e desocupá-lo, já que muitas casas avançaram irregularmente sobre o local. “Fazemos um forte trabalho de comunicação social junto à população para a preservação do parque”, disse o general Márcio.

A sugestão do ministro para a atuação junto às comunidades é a criação de projetos educativos e de lazer voltados para as crianças. “Vamos fazer do parque um espaço no qual a comunidade possa trazer seus filhos”, afirmou.

Para o processo de revitalização do parque, Rebelo sugere uma parceria com o governo holandês. Segundo o ministro, a Holanda tem parte importante de sua história revelada neste local. “A economia do mundo se movia por aqui”, disse, referindo-se à importante economia açucareira, que atraiu os holandeses para o Brasil no século XVII.

Rebelo sugere parecia com Holanda para para revitalização do parque
Rebelo sugere parecia com Holanda para para revitalização do parque

Participaram da comitiva da visita ao parque o secretário geral do Ministério da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, e o chefe de Assuntos Estratégicos do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, general Gerson Menandro.

Foto: Danilo Guerra/CMNE

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *