Rio 2016: Defesa atinge meta de 10 medalhas nos Jogos

Rio 2016: Defesa atinge meta de 10 medalhas nos Jogos

Brasília, 18/08/2016 – Com o intuito de contribuir com o resultado do Time Brasil, o Ministério da Defesa estabeleceu como meta conquistar 10 medalhas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Esse resultado foi alcançado antes mesmo do final do maior evento esportivo do planeta. Nas areias de Copacabana, as sargentos da Marinha Ágatha Bednarczuk e Bárbara Seixas ganharam a medalha de prata na final do vôlei de praia na quarta-feira (17).

RIO DE JANEIRO 17/08/2016 - VOLEI DE PRAIA- ARENA DE COPACABANA - A dupla brasileira Bárbara e Ágatha na disputa pela medalha de ouro. Alaor Filho/Exemplus/COB

“A nossa avaliação a respeito de nossos atletas militares é a melhor possível. Nossa meta era de conseguirmos dobrar nossa participação em relação aos Jogos Olímpicos de Londres, tanto no número de atletas militares participantes quanto em termos de medalhas conquistadas”, comemora o almirante Paulo Zuccaro, que também reforça o sucesso do Programa de Alto Rendimento do Ministério da Defesa.

A dupla de vôlei de praia, que faz parte do Programa Atletas de Alto Rendimento do Ministério da Defesa, parou na força das alemãs Laura Ludwig e Kira Walkenhorst, que venceram por 2 a 0, parciais de 21/18 e 21/14, assegurando o ouro e deixando o Brasil com o segundo lugar no pódio.

Sem conseguir segurar o choro, Bárbara disse que as novas campeãs olímpicas souberam lidar melhor com o vento. “Esse meu desabafo é porque a gente jogou menos hoje. Elas aproveitaram melhor o vento e elas mereceram a vitória. Por outro lado, estou muito feliz e orgulhosa por nossa trajetória e por tudo que a gente fez. Sensação de dever cumprido. Sou muito agradecida a tudo que a gente viveu e construiu”, comentou a sargento Bárbara.

Parceira de Bárbara desde 2011, Ágatha lamentou a derrota, mas fez questão de exaltar a sua primeira medalha olímpica. “Acho que eu e Bárbara ainda não percebemos todo esse feito. A gente vai perceber aos poucos. A nossa concentração, toda busca pelas nossas metas: primeiro conquistar a vaga, ter conseguido, todo planejamento até chegar aqui, aí dentro dos Jogos todo trabalho foi muito grande. A concentração foi muito grande mesmo. Acho que agora que acabou, conquistamos essa medalha de prata, vamos perceber que a gente realmente conquistou”, disse a militar.

Ranking

Com a 10ª medalha conquistada por militares, o Time Brasil soma 13 pódios: três de ouro, cinco de prata e cinco de bronze.

Os atletas das Forças Armadas que estão contribuindo com o resultado do Brasil são: sargentos do Exército Felipe Wu (prata no tiro esportivo), Poliana Okimoto (bronze na maratona aquática) e Rafael Silva (bronze no judô); sargentos da Marinha Rafaela Silva (ouro no judô), Mayra Aguiar (bronze no judô), Robson Conceição (ouro no boxe) e Ágatha e Bárbara (prata no vôlei de praia); e os sargentos da Força Aérea Arthur Nory (bronze na ginástica artística), Arthur Zanetti (prata na ginástica artística) e Thiago Braz (ouro no atletismo).

Foto: Alaor Filho/Exemplus COB

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *