Sargento da Aeronáutica integra seleção de hóquei sobre a grama

Sargento da Aeronáutica integra seleção de hóquei sobre a grama

Equipe brasileira de hóquei sobre a grama participa pela primeira vez de uma Olimpíada

Quando uma equipe jamaicana participou pela primeira vez dos Jogos Olímpicos de Inverno, o mundo acompanhou uma história de determinação, que acabou virando enredo de filme, a comédia “Jamaica Abaixo de Zero”.

Sargento INTEGRA 1

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 trazem uma história que lembra aquela, com a primeira participação de uma equipe brasileira de Hóquei Sobre a Grama em uma edição olímpica.

A modalidade ainda sem expressão em nosso País dá seus primeiros passos no Centro Olímpico de Hóquei, em Deodoro (RJ), e faz história a cada jogo, independentemente dos resultados apontados no placar.

Na noite de segunda-feira (08), lá estavam eles, nossos atletas, representando o Brasil, enfrentando a Grã-Bretanha, sabendo que mais uma página da história estaria por se escrever ali. O placar foi de 9 a 1 para os adversários. No entanto, esse único gol é histórico por ser o primeiro do Brasil em Jogos Olímpicos.

O jogador de número 2, Mendonça, tentava evitar que as investidas de ataque da Seleção da Grã-bretanha terminassem nas redes da baliza defendida pelo goleiro brasileiro. O defensor do Brasil, Sargento da Força Aérea Brasileira, como um guerreiro, lutou, se empenhou e contribuiu para que o placar não tivesse ainda mais diferença.

Sargento INTEGRA 2

“É muito difícil, enfrentamos uma equipe muito forte. Agradeço o carinho e apoio da torcida. Sinto-me honrado em participar dos Jogos Olímpicos e o que eu, e meus companheiros, podemos dizer é que lutaremos com força, fé e determinação”, relatou o Sargento Bruno da Silveira Mendonça.

Na sexta-feira (12), o jogo contra os australianos também terminou com derrota para a equipe brasileira que foi desclassificada.

Foto: COB

(CECOMSAER/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *