Sargento do Exército revive emoção Olímpica ao conduzir a Tocha Rio 2016

Campo Grande (MS) – Ele já subiu no pódio dos sonhos dos atletas de alto rendimento. Conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, no revezamento 4×100 m. Emoção parecida viveu no último sábado, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. “Foi um dia inesquecível! Realizei duas coisas: representei meu País e o Exército Brasileiro”, disse o militar e ex-velocista, 3º Sargento Vicente Lenílson, um dos condutores da Tocha das Olimpíadas 2016.

tocha 1

O atleta integra, desde 2009, o Programa de Alto Rendimento da Comissão de Desportos do Exército. Vicente é natural de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, e foi lá que, aos 18 anos de idade, deixou a oficina, onde trabalhava como mecânico, para se dedicar ao atletismo. O primeiro contato com a corrida foi tarde, de acordo com os padrões olímpicos, mas não demorou muito para demonstrar que se tratava de um dom para o esporte. Bastaram três anos de treinamento para começar a integrar a seleção brasileira adulta e, pouco tempo depois, já estava entre os cinco melhores velocistas do mundo.

Lenílson é bicampeão Pan-Americano e dono, por 16 anos, dos títulos do Campeonato Brasileiro nos 100 e 200 metros rasos. A coleção de medalhas ficou completa em 2011, quando deixou as pistas de atletismo em alto estilo, com o ouro no revezamento 4×100 m do Campeonato Mundial Militar, evento disputado no Rio de Janeiro. Hoje desenvolve, em Cuiabá, um projeto social de atletismo que atende a crianças e adolescentes carentes.

Voltar a fazer parte dos Jogos Olímpicos, mesmo que seja longe dos pódios, foi uma emoção única vivida nesse sábado, dia 25 de junho, em Campo Grande. Em entrevista, o Sgt Vicente Lenílson contou como foi ser um dos condutores para o revezamento da Tocha Rio 2016, escolhidos por fazerem a diferença, seja no esporte ou em suas comunidades. “Essa escolha foi um reconhecimento pelos anos dedicados ao meu esporte e ao meu País”, comentou o ex-velocista e completou: “Dedico esse momento a todo o Brasil e, em especial, ao Exército Brasileiro, essa Instituição que tanto amo”.

tocha 2

Até os Jogos, em agosto, 12 mil pessoas irão viver essa mesma emoção. Na rota do revezamento da Tocha estão mais de 300 cidades, 27 estados brasileiros. Um total de 20 mil quilômetros em terra e 10 mil milhas aéreas em trechos das regiões Norte e Centro-Oeste, sem que o fogo se apague. A chama Olímpica representa paz, união e amizade e, por onde passa, deixa um clima dos Jogos Rio 2016.

(CCOMSEX/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>