Secretário-geral da ONU elogia criação de nova missão no Haiti

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, elogiou na segunda-feira (16), o estabelecimento da nova Missão das Nações Unidas para o Apoio à Justiça no Haiti (MINUJUSTH), após o encerramento da missão predecessora de manutenção da paz.

Bandeira da ONU é erguida durante cerimônia de lançamento da Missão das Nações Unidas para o Apoio à Justiça no Haiti (MINUJUSTH). Foto: MINUJUSTH/Logan Abassi

“A MINUJUSTH reflete o compromisso das Nações Unidas de continuar apoiando a consolidação da paz e a promoção da estabilidade no Haiti”, disse comunicado do porta-voz de Guterres, Stéphane Dujarric.

O encerramento da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH) é “um testemunho do progresso do Haiti nos últimos 13 anos”, afirmou o comunicado. O Brasil comandou o componente militar da MINUSTAH (2004-2017), que teve a participação de tropas de outros 15 países.

Na declaração, o secretário-geral agradeceu todo o pessoal civil e uniformizado que serviu à MINUSTAH, bem como aos países que contribuíram com tropas e policiais.

A MINUJUSTH apoiará o governo haitiano para fortalecer as instituições do Estado de direito, desenvolver as capacidades da polícia nacional e promover os direitos humanos.

“O secretário-geral acredita que o povo e o governo haitianos trabalharão em estreita parceria com a MINUJUSTH e a equipe da ONU no país para implementar conjuntamente as prioridades comuns com base na resolução 2350 de 2017 do Conselho de Segurança da ONU e refletida na Agenda 2030 para Desenvolvimento Sustentável”, afirmou o comunicado.

(ONU BR ASCOM/FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>