Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/folhamilitaronline.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 792

Seminrio discute o uso do radar orbital para proteo da Amaznia

O Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteo da Amaznia (Censipam), rgo vinculado ao Ministrio da Defesa (MD), realiza nessa segunda-feira (18) e hoje (19), no auditrio da Polcia Rodoviria Federal, o 2 Seminrio de Monitoramento Integrado com Radar Orbital 2017. O objetivo do evento divulgar os resultados do Projeto Amaznia SAR, alm de discutir a produo cientfica sobre sensoriamento remoto operada na faixa de microondas (radar) no Brasil e o mundo.

O diretor Rogrio Guedes Soares ressaltou que o encontro tcnico-cientfico visa apresentar o estado da arte do radar orbital e suas aplicaes

Na abertura do seminrio, o diretor geral do Censipam, Rogrio Guedes Soares, ressaltou que o encontro tcnico-cientfico visa apresentar o estado da arte do radar orbital e suas aplicaes. “Esta iniciativa tem por objetivo informar o andamento da implantao do Sistema Integrado de Monitoramento e Alerta de Desmatamento (SipamSAR), no mbito do Projeto Amaznia SAR”, afirmou o diretor. O Seminrio conta com a participao de 250 profissionais, entre estudantes, pesquisadores e gestores, em torno do tema relacionado ao uso e aplicao da tecnologia radar.

O Projeto Amaznia SAR, elaborado pelo Censipam e em parceria com com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Renovveis (Ibama), um sistema de deteco de desmatamento na Amaznia com uso de imagens de radar orbital. A tecnologia permite observar a terra mesmo com a constante barreira de nuvens.

O foco do projeto coibir o desmatamento ilegal, identificando ilcitos e enviando informaes para o Ibama montar operaes de fiscalizao, alm de enviar informaes ao Inpe para compor os dados do Sistema de Deteco de Desmatamento em Tempo Real (Deter).

Presente ao evento, o presidente da Comisso de Coordenao e Implantao de Sistemas Espaciais do MD, brigadeiro Luiz Fernando de Aguiar, disse que um grupo trabalhou arduamente para elaborar um anteprojeto de lei no sentido de uma maior governana para o Programa Espacial Brasileiro. “Focado emprego dual (civil e militar) para que todos os ministrios possam tirar proveito dessas ferramentas indispensveis para o nosso dia a dia, incluindo o aspecto de defesa”, ressaltou o brigadeiro Aguiar.

Para o secretrio de Mudana do Clima e Florestas, do Ministrio do Meio Ambiente, Everton Frask Lucero, a interseo de polticas pblicas para o combate ao desmatamento e a reduo de emisso de gases de efeito estufa uma misso da pasta. “Temos um histrico de reduo bastante considervel, justamente por conta da implementao de polticas de combate ao desmatamento”, relatou o secretrio.

O presidente do Inpe, Ricardo Magnus Osrio Galvo, destacou, em suas palavras, a importncia do Pas dominar o ciclo completo das atividades espaciais. “O Brasil no pode deixar de ambicionar o domnio completo e soberano da tecnologia espacial, tanto em lanadores como em sistemas satelitais”, disse.

Pricles Cardim foi o primeiro palestrante a falar sobre “O processo evolutivo do uso de radar de abertura sinttica no mbito do SIPAM

Ainda na abertura do evento, em sua mensagem, o presidente substituto do Ibama, Luciano de Meneses Evaristo, lembrou que o sensoriamento da Amaznia, na temporada de chuvas, ser um grande diferencial no combate ao desmatamento. “Hoje, com sistemas disponibilizados pelo Inpe, ns estamos fazendo uma verdadeira guerra contra o crime na Amaznia brasileira.”

Ao longo dos dois dias do seminrio, sero mais de 30 palestras sobre monitoramento ambiental. envolvendo pesquisadores, gestores e cientistas.

Amaznia Sar

O projeto prev, mensalmente, o monitoramento de 950 mil quilmetros quadrados pelo radar orbital. Ainda esto previstas a construo de estaes multissatelitais de observao da Terra, em Braslia e Manaus.

O projeto financiado pelo Fundo Amaznia, gerido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econmico e Social (BNDES) e coordenado pelo Ministrio do Meio Ambiente (MMA).

O radar orbital do Projeto Amaznia SAR emite pulsos de rdio cujos ecos so recebidos e gravados para gerar imagens SAR.

Fotos: Sgt Manfrim/MD

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *