Seprod projeta reorganização da Base Industrial de Defesa

Seprod projeta reorganização da Base Industrial de Defesa

Brasília, 19/04/2016 – A secretária de Produtos de Defesa (Seprod), Perpétua Almeida, e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, traçaram parcerias para a reorganização da Base Industrial de Defesa (BID). Um convênio entre o Ministério da Defesa e BNDES está em elaboração e deverá tratar de acesso e garantias de financiamento, entre outras ações para o fortalecimento das empresas estratégicas do setor.

Seprod e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, discutem parcerias para a reorganização da Base Industrial de Defesa
Seprod e o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, discutem parcerias para a reorganização da Base Industrial de Defesa

O encontro entre Perpétua e Coutinho aconteceu no último dia 12, durante a Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa – XI LAAD Security 2016, realizada entre 12 e 14 de abril, no Rio de Janeiro. “Em nossa reunião, delineamos o acordo que deve ser firmado entre o órgão e o Ministério da Defesa para que eles possam auxiliar a Seprod na reorganização da BID”, explicou Perpétua Almeida.

Durante o evento, a secretária Perpétua visitou os estandes de empresas, além de interagir com comandantes de órgãos de segurança pública e seus gestores. Ao longo de três dias, cerca de 90 expositores de 15 países apresentaram soluções em segurança pública para quase 10.000 visitantes de 22 países.

LAAD Security 2016 contou com participação de 90 expositores
LAAD Security 2016 contou com participação de 90 expositores

Segundo a secretária, das empresas brasileiras participantes, pelo menos dez delas também pertencem à área de defesa. “Avalio a feira de forma muito positiva, porque observei que, apesar do momento difícil enfrentado pelo país, as empresas estão muito animadas e possuímos um grande potencial tecnológico”, ressaltou.

Ainda sobre a Base Industrial de Defesa, a secretária destacou recente encontro com a advogada Regina Miki, da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça (MJ), no qual foi estabelecida a criação de um Grupo de Trabalho (GT) para fortalecer a Base e dialogar com órgãos de segurança pública.

A secretária Perpétua explicou ainda que a instituição do GT também objetiva o ajuste de parcerias entre as pastas da Defesa e Justiça, a fim de facilitar a identificação do desenvolvimento de produtos e programas da indústria nacional que sirvam para ambas as áreas.

“Tanto na Copa do Mundo como agora nos Jogos Olímpicos, a defesa e a segurança trabalham juntas. Em nosso país, já existem muitos equipamentos e sistemas em comum utilizados pelas duas áreas”, exemplificou Perpétua.

Fotos: Divulgação e Felipe Barra

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *