Sessão Solene na Câmara dos Deputados marca 65 anos da Fumaça

Brasília (DF) - Uma sessão solene em homenagem aos 65 anos do Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), conhecido Esquadrilha da Fumaça, marcou a manhã da terça-feira (16), na Câmara dos Deputados, na capital federal. Cerca de 120 pessoas, entre parlamentares e militares, acompanharam a cerimônia, que contou ainda com a participação da banda da Ala 1 (Base Aérea de Brasília).

Cerca de 120 pessoas, entre parlamentares e militares, acompanharam a cerimônia

Cerca de 120 pessoas, entre parlamentares e militares, acompanharam a cerimônia

Em seu discurso, o deputado Victório Galli (PSC/MT), proponente da solenidade de homenagem, ressaltou habilidades dos profissionais que integram a Esquadrilha da Fumaça, como coragem, determinação e perícia, e chamou de heróis os pilotos que se arriscam nas acrobacias aéreas.

A solenidade foi marcada por emoção e reconhecimento da credibilidade e dos valores da Fumaça. “Apreço, admiração e respeito é o que o povo sente pela Fumaça”, declarou o deputado Rubens Bueno (PPS/PR). “Eu me sinto seguro na terra, sabendo que vocês estão nos protegendo no céu”, complementou o deputado Evandro Gussi.

O comandante da Esquadrilha da Fumaça, tenente-coronel Líbero Onoda Luiz Caldas, destacou a homenagem como fruto de inspiração da sociedade. “A Câmara dos Deputados é a casa do Povo. Portanto, é do povo que recebemos esse reconhecimento. Aos 65 anos, ajudamos a integrar esse país gigantesco, a levar a bandeira nacional a todos os cantos. Durante esse tempo, a Fumaça tem estimulado o diálogo entre civis e militares. Em cada demonstração, mostramos que a soberania nacional e o espaço aéreo estão seguros”, declarou.

"A fumaça é aquilo que aparece de todo o segmento da Força Aérea Brasileira", disse o brigadeiro Damasceno

“A fumaça é aquilo que aparece de todo o segmento da Força Aérea Brasileira”, disse o brigadeiro Damasceno

O chefe de Gabinete do Comandante da Aeronáutica, brigadeiro Marcelo Kanitz Damasceno, destacou a importância do trabalho em conjunto da equipe da Fumaça e se referiu à imagem dos fumaceiros como a “ponta do iceberg”, que divulga os valores de todos integrantes da FAB. “A fumaça é aquilo que aparece de todo o segmento da Força Aérea Brasileira. Representa a doutrina, a disciplina, o trabalho em equipe e a sinergia de todos os setores. Estamos muito honrados com esse ato singelo e com o destaque dado à Fumaça”, finalizou o brigadeiro.

História

A história do esquadrão começou em 1952, quando instrutores de voo da antiga Escola da Aeronáutica começaram a treinar manobras em grupo com o intuito de incentivar os cadetes a confiar nas suas aptidões.

São 65 anos de atuação da Fumaça

São 65 anos de atuação da Fumaça

No ano seguinte, foram instalados sistemas de fumaça nas aeronaves para facilitar a visualização das manobras pelo público. Desde então, já foram utilizadas diversas aeronaves como o T-6 Texan e o T-27 Tucano. Em 2015, as manobras passaram a ser realizadas com a aeronave A-29 Super Tucano. Durante esse tempo, a esquadrilha já fez demonstrações em todos os estados brasileiros e também em 21 países, como Argentina, Chile, Estados Unidos e Canadá.

Fotos: Divulgação Agência Força Aérea

(MD ASCOM/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>