Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados cria metas que beneficiam indústrias brasileiras

Brasília (DF) – Até 2022, o Exército Brasileiro, por meio do Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados (SisFPC), pretende implantar metas e estratégias que visam melhorar as atividades de Fiscalização de Produtos Controlados, garantindo maior agilidade, qualidade e transparência no processo.

PRODUTOS 1

No mês de abril deste ano, o Diretor de Fiscalização de Produtos Controlados, General de Brigada Ivan Ferreira Neiva Filho, participou de três eventos direcionados às indústrias brasileiras. O primeiro ocorreu em São Paulo, o Simpósio de Blindagem de Veículos; o segundo foi realizado na Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE); e o terceiro, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN). Os encontros contribuem para o sucesso das ações do SisDPFC e garante maior interação com às indústrias.

Estão, dentre as inúmeras atribuições do Exército, cooperar com a modernização das indústrias brasileiras de material de defesa e garantir maior transparência, agilidade e revisão da legislação. Para que isso ocorra, o SisFPC tem empenhado o importante trabalho de regular, fiscalizar e autorizar as atividades de empresas e de pessoas físicas referentes ao trabalho com produtos controlados, aprimorado a mobilização industrial e a qualidade da produção nacional e protegendo os interesses nacionais nas áreas econômica, da defesa militar, da ordem interna e da segurança e tranquilidade pública.

Visão de futuro da DFPC

Até 2022, a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) busca, por meio de um processo de transformação, ser capaz de supervisionar, com total efetividade, as atividades de fiscalização de produtos controlados com agilidade, qualidade e transparência, de modo a ser reconhecida pela sociedade como instituição essencial para garantir a segurança nacional e a tranquilidade pública.

Fotos: Asp Laudicéia Emerick

(CCOMSEX/ FM)

Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>