Sistema integrado de informações irá ajudar nos jogos olímpicos Rio 2016

Sistema integrado de informações irá ajudar nos jogos olímpicos Rio 2016

Brasília, 18/11/2015 – Com o objetivo de planejar as atividades voltadas para a segurança dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, integrantes do Sistema Nacional de Mobilização (SINAMOB) reuniram-se, na terça-feira (17), para apresentar uma ferramenta operacional do Sistema de Informações Gerenciais de Logística e Mobilização de Defesa (SIGLMD).

Militares das Forças e representantes de nove ministérios, debatem sobre ferramenta operacional do Sistema de Informações Gerenciais de Logística e Mobilização de Defesa
Militares das Forças e representantes de nove ministérios, debatem sobre ferramenta operacional do Sistema de Informações Gerenciais de Logística e Mobilização de Defesa

Esta ferramenta irá proporcionar que o Ministério da Defesa (MD), atuando de modo ordenado com dez ministérios, possa reunir informações em um sistema integrado. As informações compiladas deverão ser utilizadas para tomada de decisão em diversas situações, como calamidades, desastres naturais, atentado terrorista e possíveis contaminações por agentes químicos. No caso dos jogos de 2016, elas irão ajudar a garantir a segurança e a integridade dos atletas, comissões técnicas, turistas, jornalistas e chefes de Estado no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador, São Paulo e Manaus, locais em que vão acontecer os eventos olímpicos.

Brigadeiro Bermudez alerta para um planejamento eficaz
Brigadeiro Bermudez alerta para um planejamento eficaz

A Mobilização Militar é parte integrante do Sistema Nacional de Mobilização (SINAMOB) prevista na Lei n° 11.631, de 27 de dezembro de 2007, que reúne um conjunto de atividades planejadas, orientadas e empreendidas pelo Estado visando ao aumento rápido de recursos humanos e materiais disponíveis para a Defesa, sob a coordenação do MD, como órgão central.

De acordo com o Chefe de Logística, Tenente-Brigadeiro-do-Ar, Antonio Carlos Moretti Bermudez, os riscos são mínimos, mas podem acontecer. “Muito mais que treinados para os possíveis riscos, temos que estar prontos para responder aos imprevistos que, por acaso, venham a ocorrer. Por este motivo, iremos precisar ainda mais que todas as instituições que integram o SINAMOB estejam preparadas para fornecer, de forma eficaz, as informações necessárias”, afirmou.

Brigadeiro Barbacovi diz que legado é fundamental
Brigadeiro Barbacovi diz que legado é fundamental

Para o Subchefe de Coordenação de Logística e Mobilização, Brigadeiro-do-Ar Alcides Teixeira Barbacovi, é fundamental que se deixe um legado. “O objetivo é deixarmos uma ferramenta que seja usada em qualquer sistema e em qualquer situação de emergência que o país sofra. O nosso foco agora são os jogos olímpicos, mas o legado é que qualquer problema que tenhamos, o centro de coordenação logística fique como um local onde encontremos as respostas para mitigar os problemas”, defendeu o brigadeiro Babacovi.

Sistema de Informações Gerenciais de Logística e Mobilização de Defesa (SIGLMD)

O SIGLMD, desenvolvido pelo Centro de Análise e Sistemas Navais (CASNAV) da Marinha do Brasil, já foi utilizado nas duas últimas Operações Ágata 10 e 9, ambas em 2015. O sistema agregador de informações foi instalado em novembro do ano passado. Para os eventos de 2016, a ideia é criar uma conexão entre o sistema militar com os sistemas dos demais ministérios, com atualização de informações imediata e de uso conjunto. O objetivo é capacitar o país a realizar ações estratégicas no campo da defesa nacional.

O sistema aprofunda as relações de conhecimento que podem ser usadas na defesa do país, Operações de Garantia da Lei da Ordem (GLO) e em grandes eventos. Ele contará com informações dos ministérios da Fazenda; da Ciência, Tecnologia e Inovação; da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; das Comunicações; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; de Minas e Energia; do Trabalho e Previdência Social; da Saúde; dos Transportes e do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Também participaram da reunião, o vice-chefe de Logística, General de Divisão José Orlando Ribeiro Cardoso; o Subchefe de Mobilização, General de Divisão Antonio Maxwell de Oliveira Eufrásio, representantes das Forças Armadas e dos ministérios envolvidos.

Foto: Gilberto Alves

(MD ASCOM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *