Subsecretária-Geral das Nações Unidas visita a FTM-Unifil

Subsecretária-Geral das Nações Unidas visita a FTM-Unifil

A Subsecretária-Geral para Controle Interno da Organização das Nações Unidas (ONU), a filipina Heidi Mendoza, visitou a Força-Tarefa Marítima (FTM) da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Unifil), em 18 de setembro, e foi recebida a bordo do navio capitânia, a Fragata “Liberal”.

Subsecretária-Geral Heidi Mendoza a bordo da Fragata “Liberal”
Subsecretária-Geral Heidi Mendoza a bordo da Fragata “Liberal”

Entre as atribuições da Subsecretária-Geral está a de dirigir o Escritório de Controle Interno, ou OIOS (Office of Internal Oversight Services), órgão independente do secretariado da ONU com a tarefa de auxiliar o Secretário-Geral no cumprimento das suas responsabilidades de controle interno sobre os recursos e pessoal da organização, por meio de atividades de auditoria interna, investigação, inspeção e relatoria.

A visita fez parte de uma programação mais ampla, em que a Subsecretária-Geral percorreu os diversos setores da Unifil e acompanhou o trabalho realizado pelos seus componentes. Na “Liberal”, Heidi Mendoza pôde conhecer as especificidades da única Força Naval a atuar sob a égide da ONU.

Na ocasião, o Comandante da FTM, Contra-Almirante Claudio Henrique Mello de Almeida, efetuou uma apresentação com foco nas atividades operativas desenvolvidas pela Força-Tarefa, como controle de área marítima, visita e inspeção a navios mercantes e apoio ao adestramento da Marinha do Líbano.

Em seguida, a funcionária da ONU conheceu os principais compartimentos do capitânia, mostrando-se positivamente impressionada com a sua condição material e com a capacidade de a Marinha do Brasil manter, de forma ininterrupta, desde 2011, a participação de seus navios na Unifil, operando a grande distância de suas bases de apoio.

Ao fim da visita, a Heidi Mendoza agradeceu a acolhida e elogiou o trabalho que a Marinha vem realizando na liderança da Força-Tarefa Marítima, contribuindo para a paz e estabilidade no Líbano.

(CCSM/ FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *