XXXVI Salão de Artes Riachuelo celebra Data Magna da Marinha

XXXVI Salão de Artes Riachuelo celebra Data Magna da Marinha

O Comando do 7º Distrito Naval realizou a Cerimônia de Abertura e Premiação do XXXVI Salão de Artes Riachuelo, em 4 de junho, no Hall Térreo do Palácio do Itamaraty – Ministério das Relações Exteriores, em Brasília (DF). A exposição é um dos principais eventos do calendário artístico cultural da capital do País e faz parte das comemorações alusivas ao 149º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo – Data Magna da Marinha.

Comandante da Marinha e demais autoridades prestam homenagem aos artistas vencedores
Comandante da Marinha e demais autoridades prestam homenagem aos artistas vencedores

Este ano, 63 obras de pintores profissionais e amadores do Distrito Federal participaram do concurso cultural, sendo que 53 foram selecionadas pela Comissão Julgadora, formada pelas especialistas em artes plásticas Deia Francischetti, Carla Ozorio e Marta Jabuonski. As telas foram classificadas nas categorias Marinha, Livre e Menção Honrosa. No tema “Marinha”, a artista Janetty Lais Queiroz conquistou o 1º lugar com a obra “Verão”; a 2ª colocada foi a pintora Marílha Consuêlo, autora de “Vida/Liberdade”; e a 3ª premiada foi a artista plástica Maria de Fátima Marques, com a obra “Mangue Sapateiro”. No tema “Livre”, a vencedora foi a artista Cláudia Verônica do Valle, com o quadro “Liberdade”; o 2º colocado foi o pintor Douglas Nascimento, autor da tela “É hora de rezar”. Em 3º lugar, Damiana Sabino de Araújo, com a obra “Esquisito”. As Menções Honrosas foram concedidas à Jane Koclar, pela obra “Ondas” – tema “Marinha”; e a Masako Ishikiriyama, com a obra “Take”, para o tema “Livre”.

O Comandante da Marinha, Almirante-de-Esquadra Julio Soares de Moura Neto, lembrou que nas últimas edições do evento, a Força buscou agregar valor de qualidade, ocupando belos espaços arquitetônicos, decorados com expressivas obras de arte brasileira. “O Palácio do Itamaraty, projeto do consagrado arquiteto Oscar Niemeyer, é um prédio de raríssima beleza e de extrema importância para Brasília e para o País”, registrou.

Tradicionalmente, a exposição destaca um artista que tenha contribuído para o engrandecimento das artes plásticas, no Distrito Federal. Em 2014, a homenageada é a pintora Naura Timm. Com mais de 50 anos de carreira, a artista gaúcha, radicada em Brasília  desde os anos 1960,  já apresentou obras em eventos culturais no Palácio de Versailles, na França; na Galeria Casa de La Paz, no México;  no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro; e no Museu da República , em Brasília.

O XXXVI Salão de Artes Riachuelo está aberto para visitação desde o dia 5 e vai até 30 de junho, de segunda a domingo, das 08h30 às 20h, no Hall Térreo do Palácio do Itamaraty, Ministério das Relações Exteriores. A entrada é gratuita.

(CCSM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *