Forças Armadas apoiam distribuição de cestas básicas para famílias carentes

Forças Armadas apoiam distribuição de cestas básicas para famílias carentes

Militares do 8º Batalhão de Infantaria de Selva, em cooperação com a Marinha, apoiaram à Fundação Nacional do Índio (Funai) no transporte e distribuição de mais de 1.300 cestas básicas para comunidades indígenas de Porto Espiritual, Novo Porto Lima e Feijoal, no estado do Amazonas. Foram entregues mais de 29 toneladas de alimentos, que fazem parte do apoio emergencial às comunidades indígenas do Alto Solimões.

De forma semelhante, em Blumenau (SC), o 23º Batalhão de Infantaria, em apoio à Defesa Civil da cidade, realizou o transporte de 800 cestas básicas para o Programa Pró-Família. As doações irão para sete Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e dois Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS), que distribuirão os donativos a cerca de 460 famílias de Blumenau.

20200721 not02 foto 02.jpg

Higienização
O Comando Conjunto Leste, por meio do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais, realizou a desinfecção das Estações da Supervia de Nilópolis e Nova Iguaçu. Cerca de 30 militares especializados em Defesa Nuclear, Biológica, Química e Radiológica, participaram da ação. Já no âmbito do Comando Conjunto Sudeste, o 28º Batalhão de Infantaria Leve descontaminou o Terminal Rodoviário, o Posto de Saúde Jardim São Paulo e outras áreas públicas da cidade de São João da Boa Vista, São Paulo.

20200721 not02 foto 03.jpg

No mesmo sentido, o Comando Conjunto Norte, por meio do 2º Batalhão de Operações Ribeirinhas, realizou a higienização de três unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), nos bairros de Tapanã, Barreiro e Terra Firme, em Belém, Pará. A ação teve como foco salas de aula, recepção, cozinhas, refeitórios, além de áreas externas dos prédios.

O Comando Conjunto Amazônia, por meio do Navio-Patrulha Fluvial “Amapá”, apoiou a Funai no estabelecimento de barreira sanitária no Rio Andirá, no estado do Amazonas. O intuito da ação é reduzir o contato urbano com os indígenas. O navio também auxiliou na logística de recursos básicos como alimentos, combustível e insumos para a manutenção operativa dos agentes da fundação. Foram distribuídas, ainda, cestas básicas para os indígenas e realizadas ações de descontaminação.

20200721 not02 foto 04.jpg

Operação Covid-19
O Ministério da Defesa ativou, em 20 de março, o Centro de Operações Conjuntas, para atuar na coordenação e no planejamento do emprego das Forças Armadas no combate ao novo coronavírus. Nesse contexto, foram ativados dez Comandos Conjuntos, que cobrem todo o território nacional, além do Comando de Operações Aeroespaciais (COMAE), de funcionamento permanente. A iniciativa integra o esforço do governo federal no enfrentamento à pandemia.

Por Tenente Carlôto, com informações dos Comandos Conjuntos.
Fotos: Divulgação Forças Armadas

(MD ASCOM/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *