Governo Federal libera quase R$ 1 bilhão para reforçar a Atenção Primária

Governo Federal libera quase R$ 1 bilhão para reforçar a Atenção Primária

O Governo Federal liberou, nesta terça-feira (11), cerca de R$ 909 milhões para reforçar o atendimento na Atenção Primária, que é a porta de entrada de pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS). Os recursos também contribuirão para ajudar no enfrentamento à Covid-19.

Todo o dinheiro será destinado a estados e municípios para custear ações estratégicas de apoio ao cuidado de crianças menores de 7 anos de idade, gestantes do programa Bolsa Família, pessoas idosas e comunidades tradicionais. O anúncio consta de uma portaria assinada nesta terça-feira (11), durante cerimônia no Palácio do Planalto, com a participação do Presidente Jair Bolsonaro.

O secretário de Atenção Primária à Saúde, Raphael Parente, lembrou que, desde o início da crise provocada pelo coronavírus, o Ministério da Saúde já repassou aos municípios brasileiros para a Atenção Primária quase R$ 7 bilhões em crédito extraordinário, além do Orçamento Ordinário.

Distribuição dos recursos

– Dos R$ 909 milhões, R$ 395 milhões serão destinados para a manutenção dos cuidados em saúde nas Unidades Básicas de Saúde;

– Outros R$ 120 milhões serão destinados para ações e cuidado da saúde de pessoas idosas;

– Para atenção à nutrição em crianças menores de 7 anos e gestantes do programa Bolsa Família, serão destinados R$ 345,4 milhões; e

– Serão destinados R$ 48,3 milhões para o fortalecimento de equipes de assistência a povos e comunidades tradicionais para enfrentamento da Covid-19, como indígenas, quilombolas, ribeirinhos, entre outros.

Vacinação contra a Covid-19

Ao participar da cerimônia, no Palácio do Planalto, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que o Presidente Jair Bolsonaro lhe incumbiu de impulsionar a campanha de vacinação contra a Covid-19.

“E é isso que estamos fazendo. Nas mais de 38 mil salas de vacinação, nós temos o potencial de vacinar mais de 2 milhões e 400 mil brasileiros por dia. Esse compromisso nós pudemos assumir com a nossa população. Ontem, como prova disso, o Presidente autorizou mais uma compra de 100 milhões de unidades de vacinas de Pfizer. Essas vacinas serão entregues ainda este ano. Mais de 30 milhões no mês de setembro e as demais, até dezembro”, finalizou Queiroga.

(PLANALTO/FM)

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *